Como organizar guarda-roupa: saiba como maximizar o espaço e manter tudo organizado

Utilidade | 26-06-2023 | 9 minutos de leitura

Saber como organizar guarda-roupa é uma das dúvidas que muita gente compartilha, desde os primeiros anos em que aprende a cuidar das gavetas no armário até a vida adulta. Afinal, qual é a melhor maneira de guardar as suas peças?

Desde já, saiba que não existe uma resposta que funcione para todo mundo. Isso porque a organização do armário depende do espaço disponível, da quantidade de peças para armazenar, das técnicas escolhidas para dobrar e guardar cada item, entre vários outros fatores.

O que você pode fazer, no entanto, é adotar alguns hábitos para facilitar a sua organização e mantê-la em dia ao longo da rotina. Neste artigo, confira vários truques úteis para realizar!

Qual a importância de um guarda-roupa organizado na sua rotina?

Querer muito usar uma peça de roupa, mas não conseguir encontrá-la no armário é uma situação desagradável para qualquer pessoa, não é mesmo? Além disso, perceber que os seus itens não estão durando por muito tempo por descuido pode ser desanimador.

É por isso que caprichar na organização do seu closet faz toda a diferença na sua rotina. Afinal, boa parte dos itens que você usa no dia a dia estão guardados nesse espaço. Sendo assim, nada melhor do que deixá-lo limpo e organizado na maior parte do tempo.

Manter o guarda-roupa em ordem é uma maneira de evitar o acúmulo de sujeira, mofo e desorganização. Com isso, você consegue visualizar melhor todas as roupas, sapatos e acessórios que tem, além de desfrutar da facilidade de acesso aos itens disponíveis no closet.

Outra grande vantagem é a otimização do espaço disponível, fazendo com que mais peças caibam adequadamente, mesmo se as gavetas e as prateleiras forem pequenas. Desse modo, você não precisa se livrar de uma roupa que gosta muito, por exemplo, nem guardá-la em outro lugar.

Mais um benefício de cuidar da organização do armário é o aumento da durabilidade das peças. Afinal, o ambiente influencia totalmente na conservação dos materiais, permitindo que fiquem bonitos e funcionais por muito mais tempo.

 

Quais os principais desafios enfrentados na falta de organização?

Mas, afinal, o que pode estar atrapalhando a organização do seu guarda-roupa? Saber quais são os principais fatores que dificultam a realização dos seus objetivos é o primeiro passo para identificar possíveis soluções.

Sendo assim, confira alguns dos principais desafios que podem afetar a maneira como você organiza o seu closet e veja com quais você mais se identifica!

Falta de espaço

Para começar, a falta de espaço é um dos maiores problemas que as pessoas relatam para manter o guarda-roupa em ordem. Afinal, quando há mais peças do que lugar para guardá-las, realmente, é difícil encontrar soluções.

No entanto, saiba, desde já, que você pode resolver esse problema com o uso de prateleiras suspensas, organizadores e nichos no seu guarda-roupa. Além disso, cabides multifuncionais e demais acessórios vão se tornar grandes aliados para a solução de problemas de falta de espaço.

Acúmulo de itens desnecessários

Às vezes, a dificuldade não é nem a limitação do espaço disponível no seu guarda-roupa, mas sim a quantidade de peças para guardar. Se você acumula muitos itens que não são usados com frequência ou sequer são necessários, encontrar uma estratégia para organizá-los pode ser ainda mais desafiador.

Nesse caso, a mudança dos hábitos é a melhor solução. Entender por que você sente a necessidade de acumular itens desnecessários e identificar o que fica e o que pode ser direcionado para outra finalidade fará toda a diferença.

Assim, você pode ressignificar aquilo que tem valor na sua vida e manter apenas o que é realmente importante. Os itens que sairão do seu armário, por sua vez, podem encontrar uma nova funcionalidade com outras pessoas.

Dificuldade em manter a ordem

Outro motivo pelo qual o seu guarda-roupa nunca está arrumado é simplesmente a dificuldade de organização. Em alguns casos, tanto o espaço disponível quanto a quantidade de peças são adequados, mas é difícil encontrar uma maneira de distribuir os itens estrategicamente para aproveitar o armário.

Tenha em mente que ter dificuldade de organização não é uma vergonha. Admitir isso é o primeiro passo para buscar soluções que realmente funcionem para você. Sendo assim, é hora de ver o que você pode fazer para deixar o seu closet impecável.

Como organizar guarda-roupa de forma prática?

Agora, sim, é o momento de colocar a mão na massa e ver o seu guarda-roupa se transformar. Antes de conhecer as dicas, experimente um exercício de visualização e imagine como seria o closet dos seus sonhos, com as suas peças totalmente organizadas de forma equilibrada, a ponto de gerar harmonia visual e uma sensação de alívio.

Conseguiu? Então, saiba que essa é a sua meta no momento e as dicas a seguir auxiliarão a alcançá-la. Confira!

Esvazie o guarda-roupa

Para dar o primeiro passo para a organização do guarda-roupa, tire tudo do lugar. Esvazie o armário e coloque as peças no seu quarto e cama. Essa é uma prática que permite observar todo o espaço disponível no closet para facilitar o planejamento da organização.

Mesmo se o tempo estiver apertado, tire alguns segundos para olhar o seu guarda-roupa vazio. Assim, é possível deixar as ideias chegarem à sua mente para aproveitar todo o espaço disponível.

Separe os itens em categorias

Para facilitar a visualização de tudo o que você tem no guarda-roupa e decidir o que será guardado, separe os itens em categorias. Deixe as roupas em uma pilha, os calçados em um canto e os acessórios em uma superfície.

Essa simples ação já coloca a sua mente no modo organização por favorecer a visualização de todos os seus pertences, o volume que vão ocupar no armário, entre outros aspectos.

Avalie as peças

Antes de colocar as coisas no lugar, é importante decidir o que você guardará e o que pode ser encaminhado para outras pessoas. Por isso, avalie as suas peças. Nesse momento, considere o apego emocional, a qualidade dos materiais, o estado do item e a possibilidade de conserto.

Para as peças ainda em boas condições de uso, mas que precisam de reparos, podem ser colocadas em uma caixa ou mala à parte. Assim, você se lembra do que precisa de atenção para voltar a utilizá-las no dia a dia.

Identifique o que não será mais utilizado

Após avaliar o estado das suas peças, fica ainda mais fácil decidir o que será guardado de volta no armário e o que pode ser descartado, além dos itens que ainda têm conserto.

É natural sentir um apego por uma peça ou outra e pensar “E se eu precisar no futuro?”. Por isso, para evitar jogar fora algum item que possa ser útil mais para a frente, pense nas últimas vezes que teve contato com ele.

É interessante fazer esse processo em um dia que você tem tempo livre, para passar de peça em peça e avaliar as suas intenções. Se não há previsão de uso em um futuro próximo e faz muito tempo que uma roupa, sapato ou acessório está parado no seu guarda-roupa, vale a pena deixar a oportunidade de uso para outras pessoas.

Encaminhe para descarte ou doação

Conseguiu fazer uma pilha com os itens que você não quer mais? Nesse momento, priorize o descarte consciente para valorizar toda a vida útil dos seus produtos e permitir que novas pessoas o aproveitem da melhor forma possível.

A doação é uma excelente escolha, seja para os amigos, seja para organizações responsáveis por coletas e distribuição para outras pessoas. No entanto, certifique-se de que os itens estão em um bom estado de conservação para passar para a frente.

Furos, rasgos e demais problemas que não são fáceis de reparar são sinais de que a peça não está em boas condições. Se encontrar algum item com esses desgastes, o melhor a se fazer é encaminhar para o descarte ou reaproveitá-lo em casa para outra finalidade.

No caso do descarte, opte pela reciclagem, sempre que possível. Desse modo, você pode aproveitar o material de outras formas, ter uma prática sustentável e evitar que o item permaneça por longos anos em um aterro sanitário, até se decompor inteiramente.

Limpe as prateleiras e gavetas

Agora, sim, você está apenas com as peças que serão guardadas novamente no seu guarda-roupa. Contudo, antes disso, é importante caprichar na limpeza para o armário ficar cheiroso e limpo por mais tempo.

Comece tirando as gavetas e passando um pano para remover a sujeira da superfície. Faça o mesmo com as prateleiras, espaços para cabides e demais compartimentos que houver no seu guarda-roupa. Opte sempre por tecidos mais macios para evitar arranhões no material do móvel.

O próximo passo é escolher um produto adequado para limpar as gavetas e as prateleiras. Em lugares mais sujos, opte por usar algumas gotas de detergente neutro e passe na superfície, removendo em seguida todo o sabão.

Em materiais como a madeira, por exemplo, você pode usar um produto lustra-móveis para garantir mais brilho. Na parte de fora, nas portas, é possível aplicar um pouco de óleo de jatobá ou peroba para ficar ainda mais reluzente.

O importante mesmo, independentemente do material do seu guarda-roupa, é evitar produtos abrasivos, ácidos e fórmulas com cheiros muito fortes. Afinal, podem passar para as roupas e gerar desconforto, alergias e demais problemas.

Maximize o espaço

Dobre as roupas de maneira eficiente

Seja em rolinhos, seja no método Marie Kondo ou de qualquer outro modo, o ideal na hora de pensar em dobrar roupas é otimizar o espaço. Além disso, é preciso ter cuidado para não amassá-las na hora de guardar.

Experimente dobrar todas as peças em cima da cama e, só após terminar, coloque no guarda-roupa. Com isso, você consegue escolher um lugar mais estratégico para armazenar as peças e encontrá-las sem nenhuma dificuldade.

Como manter o guarda-roupa organizado e limpo?

Se o seu medo é que, depois de todo esse trabalho, em pouco tempo o guarda-roupa fique novamente desorganizado, saiba que também existem técnicas para manter a limpeza e a organização.

Para começar, tire cerca de 5 minutos do seu dia para guardar no lugar ou colocar para lavar as peças que você usou nas últimas horas. Como visto, não é necessário muito tempo para fazer isso. Esse cuidado já evitará o acúmulo de peças e a desorganização.

Além disso, evite juntar peças sujas com limpas. Se você usou um item e acha que ainda não precisa colocá-lo para lavar, aplique uma solução de água, amaciante e álcool e deixe secar. Em seguida, guarde novamente no lugar reservado para esse produto.

Depois de recolher as roupas do varal, também não as coloque de qualquer forma no armário. Tire cerca de 15 minutos para dobrá-las, depois de passadas, se desejar, e mantenha o mesmo padrão de organização.

Na prática, saber como organizar guarda-roupa é uma questão de mudança de hábitos. Após dar o primeiro passo, tudo o que você vai precisar é de alguns minutos para juntar as peças e armazená-las do jeitinho que planejou. Além disso, se notar que as coisas estão saindo de ordem, é só tirar um tempo a mais para repetir todo o processo.

Gostou das dicas? Então, siga os nossos perfis no Facebook, Instagram, LinkedIn e YouTube para ver muito mais!

Gostou das dicas? Então, confira os nossos produtos e encontre qualidade e praticidade para limpar a sua casa!

Compartilhe nosso conteúdo